De segunda a sexta, das 7h30 às 11h30 e das 13h00 às 17h00          Rua Vanio Ghellere, 64 Sao Miguel do Iguaçu – PR          (45) 3565 – 8100

Evento alusivo ao ‘Setembro Amarelo’ será realizado nesta sexta (15) na Comunidade Indígena Ocoy

0

A Comunidade Indígena Avá-Guarani Tekoha Ocoy vai realizar nesta sexta-feira, 15 de setembro, com o apoio do Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu, por intermédio da Secretaria de Saúde, um evento alusivo ao ‘Setembro Amarelo’, no Colégio Estadual Indígena Teko Ñemoingo.

O objetivo da ação é conscientizar as pessoas sobre o suicídio, bem como evitar o seu acontecimento, tendo em vista os dados que apontam que a Aldeia Ocoy tem o maior número de pessoas que cometem suicídios entre as comunidades indígenas da região.

O evento começa as 08h00 e terá diversas oficinas durante todo o dia, com os seguintes temas: Ansiedade, preocupação e medo; Raiva e suas expressões; Tristeza; Apatia e indiferença; Felicidade e alegria; Tipos de violências; e Identificação Cultural.

Segundo a coordenadora da Equipe Multiprofissional da Saúde, Marijane Bianchin Alves, essa é a oportunidade de criar um vínculo maior com os membros da comunidade e levar ações que auxiliem a comunidade como um todo. “Fomos convidados para colaborar e com muita satisfação queremos mostrar que eles não estão sozinhos e tem toda uma equipe à disposição”, relatou.

A coordenadora convidou toda a comunidade para prestigiar o evento. “Venha participar e mostrar à comunidade que eles não estão sozinhos”, destacou.

Para a secretária de Saúde, Eloni Terezinha Conzatti de Queiroz, setembro é o mês específico de conscientização sobre o suicídio, no entanto, esse assunto precisa ser tratado e cuidado todo dia. “Nossa equipe está atenta a esses assuntos e trabalhando pontualmente onde a necessidade de ação é mais urgente, como no caso, a Aldeia Indígena”, destacou.

Atualmente a Comunidade Indígena Avá-Guarani Tekoha Ocoy possui cerca de 860 moradores.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO, IMPRENSA E MIDIA SOCIAL

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade